Pneumonia na infância: conheça os sintomas e as formas de prevenir a doença!

Essa infecção costuma atingir de bebês a crianças mais velhas. Fique por dentro do que é a pneumonia, as formas de tratá-la e também o que fazer para evitar que ela apareça.

O que é a pneumonia.
A pneumonia é uma infecção causada por vírus, bactérias ou até por fungos que passa das vias respiratórias, como a traqueia, e se instala nos pulmões e brônquios. Ela aparece de forma gradual. Primeiro, surge como um resfriado e, ao longo dos dias, vai se agravando até chegar ao quadro infeccioso.
Os sintomas.
A pneumonia provoca febre alta, tosse, catarro, cansaço e falta de apetite. Acreditava-se que só crianças com mais de 2 anos pudessem ter a doença. Hoje, sabe-se que ela acomete inclusive os bebês.
Como identificar
O diagnóstico da doença é feito por meio de uma ausculta pulmonar pelo pediatra. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames de sangue e radiografia de tórax para avaliar a presença de infecção nos pulmões.
O tratamento.
O tratamento da pneumonia é feito com remédios para baixar a febre e controlar a infecção. Manter a criança hidratada também é importante. Caso não melhore, o pequeno é internado.
Prevenção
Vacina preventiva
A vacina contra Haemophilus B e a pneumocócica protegem os bebês e as crianças de vírus que causam a pneumonia.
Cuidado com o frio.
O clima frio é um agravante das infecções respiratórias, por isso a maior incidência dos casos de pneumonia ocorre entre o outono e o inverno. Portanto, mantenha as crianças agasalhadas. Outros cuidados:
• Coloque um pijama bem quentinho nos pequenos. Eles se descobrem à noite e ficam desprotegidos.
• Na hora do banho, feche portas e janelas.
• Não deixe as crianças dormirem com o cabelo molhado.
• Evite mudanças bruscas de temperatura.
• Procure não levar bebês a lugares cheios e fechados. Isso facilita a transmissão de vírus.
• Evite lugares com pó e umidade.

Fonte: MdeMulher Saúde

Informações do Autor

Clínica Saúde e Cia

Sem Comentários

Publicar um comentário